Eventos

____ setembro 04, 2015 ____

Oficina “Em pratos limpos: uma discussão sobre História da Alimentação”

FullSizeRender

A História está presente em nosso prato, ainda que não nos demos conta. O que escolhemos comer e os rituais que utilizamos durante a refeição nos dizem muito sobre quem somos e já fomos. O intercâmbio de sabores, a receita da avó e mesmo a refeição impessoal da comida pronta no micro-ondas, tudo isso nos dá elementos que permitem estudar a História. Mas com tantas variedades de ultraprocessados, sabemos mesmo o que comemos? Conhecer o seu alimento é conhecer sua identidade, cultura e essência.

Com um caráter interdisciplinar, a alimentação pode ser discutida sob diversos olhares: como norma e ritual, pela abordagem histórica da fome, pela História da Gastronomia, pela sua representação através de livros de culinária, pelo estudo dos restaurantes e pelas relações de poder – pra citar algumas possibilidades! Isso significa que não apenas a refeição em si, mas também cadernos de receitas, manuais de etiqueta, histórias orais e a representação dos alimentos em pinturas e livros são objetos de estudo para a História.

O lançamento do Guia Alimentar para a População Brasileira deste ano discute os ultraprocessados e para quem esses alimentos seriam convenientes. Sofrendo pressão da indústria alimentícia por estimular o consumo de alimentos in natura ou minimamente processados, o Guia trouxe a reflexão da diferença entre “alimento” e “produto comestível”. Eu estive no evento de lançamento do Guia e falei sobre isso aqui.

Eis que uma engenheira química, uma nutricionista e uma historiadora que tinham em comum o IFRJ resolveram se juntar na elaboração de uma oficina pra discutir com mais pessoas (de diferentes áreas e com diferentes experiências) a alimentação.

Estamos oferecendo a oficina em duas datas: 20 e 22 de outubro, de 13-17 horas, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, localizado na Rua Senador Furtado. A oficina será realizada na sala 407.

Ementa:

  • Debate sobre a alimentação como objeto de estudo da História;
  • Quando a alimentação é mais do que a ingestão de nutrientes;
  • Papéis de gênero na cozinha: as donas de casa e os chefs;
  • Intercâmbios alimentares e a comida brasileira;
  • Alimentação e Religião
  • Relações de poder e manuais de etiqueta
  • Produção em larga escala vs fome;
  • O Guia Alimentar para a população brasileira: Alimento vs. Produto Comestível.

Quem somos?

Eu me formei Técnica em Alimentos no IFRJ e voltei lá ano passado como estagiária em História pela UFRJ. Foi através da conversa com uma aluna do curso que reencontrei a professora Lourdes, minha professora (e também quem me dava carona pra casa quando as aulas acabavam 22:30h!). Ela estava interessada e envolvida com o projeto de unir história com a área de alimentos e trazer os alunos pra mais pertinho do curso, ampliando a sua visão sobre o tema. A Lourdes é doutora em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos (UFRJ), atuando na área de tecnologia, biotecnologia e inovação da cadeia produtiva de alimentos. Foi através dela que eu conheci a Denise, nutricionista com doutorado em Ciências (UFRJ).

Eu nem preciso dizer que tenho aprendido MUITO com elas durante esse processo de organização da oficina, né? Mas o mais legal de uma oficina é dar a possibilidade e o espaço para o outro e saber que vamos aprender na prática com vocês! Vamos?

____ julho 30, 2015 ____

Circuito do Vinho – Gruta São Sebastião

O Circuito do Vinho – Edição Gruta São Sebastião foi o segundo evento para produtores de conteúdo de gastronomia para o qual eu fui chamada. A Gruta São Sebastião, localizada no CADEG, nos ofereceu um jantar com destaque para a gastronomia portuguesa, com a degustação de pratos típicos e a harmonização de vinhos. O menu foi elaborado pelo chef da casa, Daniel Batista, e as informações sobre os vinhos apresentados foram dadas pelo maitre Valnei, que nos ensinou um pouquinho sobre os vinhos que ele selecionou de forma especial para a gente.

IMG_6218

A Gruta São Sebastião é um dos mais tradicionais restaurantes do CADEG e possui mais de sessenta opções em seu cardápio. O CADEG é ponto importante da gastronomia do Rio de Janeiro. Localizado em Benfica, lá existem lojas de bebidas nacionais e importadas, mercearias, laticínios, legumes, verduras e também lojinhas de flores, plantas e decoração, além dos restaurantes.

IMG_6179

IMG_5253

Podíamos acompanhar o trabalho na cozinha através do vidro:

IMG_6183

IMG_6180

Como entrada tivemos bolinho de bacalhau recheado com queijo Serra da Estrela e salada de grão de bico, pratos harmonizados com vinho italiano Mionetto Vivo. O recheio de queijo foi uma surpresa agradável e quanto à salada, eu amo grão de bico!

IMG_5254

Os pratos foram: Arroz de polvo com brócolis à moda do Porto; Camarão ao alho e vinho com arroz de açafrão; Bacalhau à lagareiro servido com batatas ao murro, cebola gratinada com açafrão e brócolis americano cozido; Paleta de cordeiro assado acompanhado de risoto de amêndoas com aspargos frescos. Cada um dos quatro pratos harmonizado com um vinho delicioso! Para a sobremesa, rabanada e pastel de belém –  sobremesa dos sonhos!

IMG_5257

IMG_6266

Uma delícia ir a um encontro de gastronomia e poder ver diversidade nas pessoas. Cada um com seu trabalho e uma proposta diferente, o que permite uma multiplicidade de estilos e comportamentos, o que nos deixa a vontade para aproveitar o encontro. Pude conhecer a Beatriz do Raízes Brasil, falar com o casal fofo do Morando Junto e estar novamente com pessoas agradáveis como a Roberta, a Francelle a Laísa!

IMG_5258

IMG_6288

Fotógrafo do evento: Carlos Miller

Todas as fotos aqui publicadas foram tiradas com o meu IPhone, com exceção da última, que é do fotógrafo Carlos Miller.

Patrocínio: Restaurante Gruta São Sebastião
Realização: Bolsa de Eventos
Apoio: Sharing for Social, MyRestaurant, Neurônios S/A, Doces do Eurico,
Adega Alentejana, Nossa Senhora Empório de Fátima, Nova Peixaria Usina,
Genuíno Bom Porto e Bureau Carioca.

____ abril 12, 2015 ____

Circuito Galli Digital – Encontro de Blogueiros de Gastronomia

Quarta-feira, dia 8, ocorreu no Restaurante Galli, no Shopping Via Parque, na Barra da Tijuca, o Circuito Galli Digital, que reuniu blogueiros e produtores de conteúdo do segmento de gastronomia. Eu fui uma das blogueiras convidadas e fiquei muito feliz por poder fazer parte desse momento de troca de experiências.

IMG_4406

Francelle Jacobsen, planner e professora de mídias sociais e Juliana Dias, professora de jornalismo gastronômico e idealizadora do site Malagueta News, estavam lá para dividir conhecimentos. Eu fiz o curso de Jornalismo Gastronômico na FACHA com a Juliana Dias e uma das aulas foi com a Francelle, então eu digo a partir da minha experiência que ouvir o que as duas tem a dizer é se permitir ampliar a visão para ambos os ramos (que estão interligados).

Eu conferi o lançamento do aplicativo Yummie, com o empreendedor digital Michael Lopes. Sou um pouco devagar com tecnologias, mas vou usar o aplicativo e futuramente divido aqui minhas impressões. O aplicativo já está disponível para iOS e em breve para Android.

IMG_4569

IMG_4568

Como entrada eu comi um delicioso camarão ao alho e óleo. Os pratos principais foram: Risoto de funghi e Ribeye e Camarão crocante (lançado primeiramente no evento, com entrada no cardápio dia 13/04 – amanhã!). Gente, que delícia! O prato é camarão empanado no pão de alho com arroz siciliano. Estava maravilhoso! Quanto ao risoto de funghi, é um dos meus pratos favoritos e o do Galli estava saboroso.

IMG_4565

Para a sobremesa, tortas variadas da Dolceria di Norma. Eu experimentei o Cheesecake Cassis, finalizando o jantar da melhor forma.

IMG_4570

Ao final, ganhamos uma sacola com alguns presentes, entre eles o livro Diário da Cozinheira, da Carla Pernambuco. O livro é composto de suas histórias pessoais em viagens pelo mundo, onde a cozinheira experimenta a culinária e a cultura de diferentes países, aprende a fazer os pratos e divide as receitas. Eu vou ler o livro e depois escrever sobre. Também na sacola vinha um pratinho de sobremesas da di Norma.

IMG_4554

IMG_4556

Bom, todo evento é feito por pessoas, desde os organizadores até os convidados. Lá estava o casal do blog Morando Junto, que eu gosto bastante. A Tita, do Festival da Colher, que é minha amiga e escreve sobre o assunto de uma forma muitas vezes poética. Eu pude conhecer o Rodrigo, do Garfo Carioca, a Lívia do Bendita Panela e a Andréa do Aromas e Sabores. Todos dedicados a gastronomia. Esse tipo de ocasião nos permite conhecer outras pessoas envolvidas com a área da alimentação e entrar em contato com a diversidade que é o segmento da gastronomia.

_

Todas as fotos foram tiradas com celular.